Lubrificantes Para Correntes

CorrenteFala galera, como fiquei um bom tempo para postar e esse será o último artigo de 2015 resolvi escrever sobre algo que dá dor de cabeça pra muita gente e que, com tanta informação, acaba complicando nossa vida, hoje vou falar sobre os lubrificantes para correntes, vale a pena dar uma olhada!
Qual o lubrificante mais barato, qual tem melhor desempenho, qual o mais indicado? A resposta para essas perguntas é “42”Desculpe, piada nerd, não resisti 😛
Agora falando sério depois de muitas pesquisas e testes em diversos produtos acredito que estou apto a dar minha opinião a respeito dos diversos lubrificantes para correntes que existem hoje no mercado, com tantas opções (graxas, sprays, óleos, etc) fica difícil decidir qual o melhor produto então aqui vai minha opinião como usuário, vou falar um pouco sobre cada produto, suas vantagens e desvantagens e você amigo motociclista poderá escolher qual é o melhor para sua moto (e seu bolso).

Quando lubrificar a corrente?

Os fabricantes indicam que a corrente deve ser lubrificada a cada 400 km, e regulada a cada 5.000 ou 10.000 km, mas é importante verificar a folga regularmente e ajustar sempre que necessário, mesmo antes do indicado, mas voltando a falar sobre a lubrificação da corrente, os 400 km também não são uma regra, isso vai depender do tipo de lubrificante que você utiliza, tipo de uso da moto, terreno, clima, etc, então vamos ao que interessa, os diferentes tipos de lubrificantes.

Lubrificantes

Agora chegamos ao ponto central do artigo, depois de testar inúmeros lubrificantes diferentes vou deixar minha opinião sobre cada um, a lista abaixo está organizada do melhor para o pior (minha opinião pessoal) com relação ao custo-benefício.

ÓleoÓleo para transmissões SAE-140:
Durante minhas pesquisas encontrei um post em um fórum que falava da utilização do óleo SAE-90 nas correntes, no post diziam que era barato e excelente para lubrificação, fui a uma loja especializada em lubrificantes e conversei com o vendedor que me indicou o SAE-140, ainda mais barato e grosso.
Esse óleo é usado para transmissões mecânicas, é simples para aplicar, deixa a corrente muito bem lubrificada, não gruda muita sujeira e realmente é muito barato, para mim o melhor lubrificante na relação custo-benefício, utilizo na corrente da minha moto a cada 300 ou 400 km ou após uma boa chuva.
A maior vantagem desse óleo é o preço, enquanto um Chain Lub de 400ml está na faixa de R$ 60,00, o óleo SAE-140 de 1 litro sai por R$ 10,00. A única desvantagem que encontrei nesse óleo é a sujeira durante e após a aplicação pois o mesmo escorre pela corrente e cai uma boa quantidade no chão.
Uma dica para quem quiser utilizar esse óleo é comprar uma bisnaga daquelas utilizadas para ketchup (2 ou 3 reais no máximo), ela facilita muito a aplicação do óleo e com um jornal ou papelão embaixo você evita consideravelmente a sujeira.

SpraySpray para correntes:
O spray lubrificante mais conhecido para correntes de motos é o Chain Lub da Motul, porém, como seu preço é bem salgado eu acabei testando alguns outros produtos mais baratos (alguns bem mais baratos), infelizmente é difícil encontrar lubrificantes em spray bons e baratos, testei diversas marcas mas nenhuma chega perto do Motul, além disso, todos os sprays testados perdem muito em qualidade para o óleo SAE-140 citado acima, então na minha opinião o spray Chain Lub é um lubrificante excelente, faz pouquíssima sujeira, é muito fácil para aplicar porém é muito, mas muito caro, já as outras marcas mais baratas eu não arrisco mais.

GraxaGraxa:
A graxa branca, muito utilizada para lubrificação de correntes, tem a vantagem de ser muito barata, um pouco mais resistente à chuva e de aplicação bem fácil e sem sujeira, porém tem uma desvantagem que para mim é o principal motivo de eu nem mesmo ter testado esse produto, fica impregnada de sujeira, infelizmente a sujeira que gruda nessa graxa pode entrar na corrente e fazer com que a vida útil desta diminua muito, apesar de um produto muito barato e fácil para aplicar eu não recomendo pois pode te dar muita dor de cabeça.

Vantagens e Desvantagens

Óleo para transmissões SAE-140

Vantagens:

  • Barato;
  • Fácil de aplicar;
  • Excelente lubrificação;

Desvantagens:

  • Não resiste à água;
  • Faz muita sujeira na aplicação;

Spray para correntes

Vantagens:

  • Fácil de aplicar;
  • Excelente lubrificação (apenas algumas poucas marcas);
  • Resistência média à água (apenas algumas poucas marcas);
  • Pouca sujeira na aplicação;

Desvantagens:

  • Os produtos realmente bons são extremamente caros;

Graxa

Vantagens:

  • Fácil de aplicar;
  • Não faz sujeira;
  • Boa resistência à água;
  • Boa lubrificação;
  • Barata;

Desvantagens:

  • Fica impregnada de poeira o que pode causar problemas na relação;

Uma última dica, algumas pessoas dizem para passar o conhecido WD na corrente, esperar algumas horas que este irá remover toda a sujeira e depois utilizar o lubrificante, eu já fiz isso e não recomendo, no meu caso não funcionou muito bem, a lubrificação não ficou tão boa como quando eu utilizo apenas o lubrificante, mas para quem quiser testar existem alguns sites na internet que explicam como fazer.

Bom pessoal, então é isso, essas são minhas opiniões a respeito dos diversos produtos que utilizei nas minhas motos, fiquem à vontade para comentar, concordar, discordar, quanto mais informação melhor.
Um pouco antes desta postagem conversei com um primo que é engenheiro mecânico e fiquei sabendo que existe uma especificação de óleo para diferentes tipos de correntes, infelizmente até o momento não consegui encontrar essa informação, mas assim que encontrar atualizo o artigo e disponibilizo para vocês.
Até a próxima, feliz natal e próspero ano novo à todos.

Vida louca e próspera!

Anúncios

2 respostas para “Lubrificantes Para Correntes

  • brunodsfreitas

    Olá, ainda não utilizei nenhum dos diversos tipos de lubrificantes e estava pensando em mudar, mas depois de ler acredito que vou continuar com a graxa branca pela sua durabilidade contra água. Porém, além de grudar muita sujeira, suja muito a moto e os aros. Ainda assim pelo custo/benefício prefiro lavar ela semanalmente e gastar um tempinho a mais na lubrificação… Abraços!

    Curtir

    • Fábio

      Fala Bruno, tudo blz? Fico feliz em ter te ajudado na decisão.
      Sobre a graxa branca, minha única preocupação é com a sujeira, nunca utilizei porque pego 150km de estrada todos os dias então a sujeira na corrente me preocupa muito, mas como você disse, pelo custo benefício e pela durabilidade na água pode valer a pena mesmo, cada caso é um caso 😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: